Uma jornada na COP 21

DSC05456 c th[UN-NGO] Irmã Monique Javouhey, representante da Companhia das Filhas da Caridade nas Nações Unidas, partilha a notícia abaixo vinda da ONU em Geneva:

O encontro habitual na Casa-Mãe para o pequeno grupo ̎ONU ̎fez-nos passar uma jornada no Burget, no pavilhão das ̎visitas ̎.

Logo de princípio, fomos impressionadas pela organização a marcação–sinalização. Eu segui a Ir. Catarina de Nova Yorque que ja havia estado precedentemente, e seguiamos a multidao. Na entrada do apartamento, depois de feitas as formalidades sobre nossa identidade passamos o pórtico de segurança, entramos numa grande sala com instalações, bancos e numerosos participantes. Em todos os lados havia lugares isolados para quem quizesse falar tranquilamente, outras pessoas encontravam-se a trabalhar com computadores… Havia pessoas de todas as idades.

DSC05455 cAs instalações eram várias, numa foto via-se a afixagem de legumes, e lá havia uma demonstração de como proceder para os produzir num balcão! Mais distante, dois jovens estavam a pedalar para recarregar uma bateria de telemovel – celular, vimos depois uma sala aberta e um palestrante projectava sua liçao sobre a pesca do atum no Pacifico. Ao lado encontrava-se um pequeno estaleiro de ̎ recuperação ̎ artistica… O escutismo estava bem representado com bons slogans ̎Messageiros da Paz ̎ ̎Criando um mundo melhor ̎.

Depois da nossa restauração do meio dia, perdemos uma ̎procissão ̎˸ um imenso bloco de gelo levado solenemente por oito homens, e seguidos por alguns músicos da América Latina. Evidentemente o bloco de gelo fundia com fundem os gelos do polo norte…

DSC05439 ccAssistimos a uma palestra sobre as minorias com quatro testemunhas do Congo, da America latina, do Canadá e da Indonésia. Estavamos sentadas nos primeiros lugares, e recebiamos a tradução simultânea. A coordenação era feita pela Sra. Wicky Corpuz, Reporter especial das minorias que vejo várias vezes em Geneva.

O tempo passou depressa, e ja convinha voltarmos para casa e ainda faltava muito para ver! Antes de sair da grande sala, deixamos passar mais uma ̎procissão ̎˸ uma longa fila feita de muitos religiosos Franciscanos se movia devagar, seguidos de um monge budista e numerosos outros participantes todos num silêncio de recolhimento. Sua marcha silenciosa falava mais alto – sugestivo.

Sim, a COP 21 interpelou uma boa parte do mundo.

Geneva, Dezembro de 2015
Ir. Monique Javouhey, FC

 Para maiores informações sobre as Filhas da Caridade na ONU: www.cmdcngo.org

Views: 2.658