“O Dom de ser chamada e enviada”

sessionvij1[Província das Filipinas] Sessão Internacional de Revitalização Espiritual e Vicentina. Casa Mãe, 1º-30 de setembro de 2014. Eu gostaria de enfatizar as letras da palavra “DOM” (em inglês, Gift) já que meus 33 dias na Casa Mãe para a Sessão Vicentina pareceram estar relacionados aos 33 anos da vida terrena de Jesus, sua experiência de “ser chamado e enviado” para nos redimir.

G-ERAÇÃO

“Vocês pertencem a uma nova geração. Tenho certeza que todas vocês têm sede de autenticidade para uma vivência alegre da vocação e da missão para a qual vocês foram chamadas.” Estas foram as palavras de Ir. Evelyne Franc, Superiora Geral, para as 79 Irmãs de 7-10 anos de vocação de 51 Províncias. Para nós, informações como data de nascimento, tempo de vocação, cultura e língua são importantes para aprofundarmos o apreço pela internacionalidade da Companhia que favorece uma maior colaboração em vista do serviço dos pobres.

I-NFORMAÇÃO

Quatro palavras resumem o que foi recebido durante a sessão: enraizamento, compromisso, estilo de vida e herança. A primeira semana tratou do “Enraizamento em nossas Origens” através de temas que falavam sobre a “Companhia nas Origens”, “Gerações e Culturas” e de peregrinações vicentinas e marianas. A segunda semana destacou a importância do “Compromisso” com conferências sobre os seguintes temas “Votos”, “Chamadas e Envidas” e uma peregrinação vicentina ao Berceau. A terceira semana se concentrou em nosso “Estilo de Vida” com reflexões sobre “Viver nosso vocação em plenitude”, “Vida Litúrgica e Sacramental”. A última semana se deteve em nossa “Herança” para a próxima geração com visitas aos Arquivos das Filhas da Caridade e da Congregação da Missão e aos túmulos de membros falecidos da Família Vicentina e um tour vicentino em Paris.

F-ORMATION

“Nós pertencemos a Ele e não a nós mesmos.” A conferência do Pe. Frédéric Pellefigue, CM, sobre São Vicente de Paulo conduziu-me a Deus e aos Pobres. Nós vivemos em comunidade e nos esforçamos para sermos fiéis aos nossos votos porque Deus nos reuniu para os pobres aos quais devemos servir.

T-RANSFORMAÇÃO

Talvez como muitas outras Irmãs, eu fui bem cautelosa em minha primeira semana na Casa Mãe. Contudo, quando eu me ajoelhei e rezei pelas intenções da Província das Filipinas diante da cadeira onde a Santíssima Virgem apareceu para Santa Catarina, eu ouvi uma voz dizendo: “Minha filha, seja prudente; busque o que é bom para a internacionalidade e para uma maior colaboração no serviço dos pobres”. A segunda transformação foi a mudança de mentalidade. Cresceu a minha percepção de que minha vida não é uma questão de realizar tarefas e assumir responsabilidades e sim, de mais presença e experiência de doação na oração, na vida fraterna e na missão.

A abundância de graças e dons recebidos nesta Sessão Vicentina é, agora, um desafio: descobrir como eu vou partilhar e viver G-eração, I-nformação, F-ormação e T-ransformação como um DOM (GIFT) para todas as minhas Irmãs na Província.

Ir. Ma. Sharon Q. Nievales

Província das Filipinas

sessionvij2

Views: 1.647