Atingir os Objetivos do Milênio

MDG-logosIrmã Germaine Price, representante da Companhia das Filhas da Caridade nas Nações Unidas, partilha a notícia abaixo vinda da ONU em Nova Iorque:

[ONG-ONU] A Agenda pós-2015 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estiveram em alta nas Nações Unidas neste último ano. Várias organizações realizaram muitas consultas o que tornou possível escutar a voz das pessoas em relação o futuro.  Contudo, estamos em 2013 e ainda há muito a ser realizado para alcançarmos os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (MDGs) antes da cúpula de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em 2015. Vários encontros importantes acontecerão em setembro, logo depois da abertura da 68ª Assembleia Geral, para ajudar os líderes dos governos a manter o cumprimento dos MDGs como uma alta prioridade nos próximos dois anos.

Em 23 de setembro, o Secretário Geral organizará um fórum de alto nível para catalisar e acelerar outras ações para o cumprimento dos MDGs. Este evento se concentrará em exemplos concretos de iniciativas de sucesso realizadas e de oportunidades para aumentar e fortalecer os esforços para cumprir os objetivos no tempo que resta. Várias iniciativas do Secretário Geral e campanhas como Toda Mulher, Toda Criança, Energia Sustentável para Todos, Educação Primeiro, Desafio Fome Zero e Saneamento e Água para Todos serão destacados. E, em 25 de setembro, acontecerá o diálogo da Assembleia Geral de Alto Nível sobre os esforços feitos para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Representantes de organizações da sociedade civil, instituições acadêmicas, grupos de juventude e do setor privado também são convidados a participar deste evento.

O Relatório dos MDGs-2012 destaca que o que foi realizado e o que precisa ser feito para atingir as metas em 2015.

A meta de redução da pobreza foi atingida no mundo todo, mas não em todos os países. Apesar da extrema pobreza estar caindo em cada região, 1,4 bilhão de pessoas continuam a viver em extrema pobreza.

Entre 1990 e 2010 mais de dois bilhões de pessoas tiveram acesso a fontes de água potável e mais de 200 milhões de residências urbanas nos países em desenvolvimento tiveram acesso a fontes de água limpa e melhorias nas condições sanitárias.

Muitos países fizeram progressos significativos, apesar dos grandes desafios, na oferta de educação básica para todos e a proporção das matrículas de meninas na educação básica está agora em 97% em todas as regiões em desenvolvimento.

Tomemos a decisão de manter os nossos compromissos para com todas as pessoas em nosso mundo

Para maiores informações sobre as Filhas da Caridade na ONU: www.cmdcngo.org

Views: 1.119