Do Santuario Arquidiocesano de Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa – 60 ANOS – Jubileu de diamante

Santuario MM 4[Província de Rio de Janeiro – Brasil] O Santuário de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa  construído  sobre uma pequena colina, chamada Colina do Matoso, na Tijuca, bairro da cidade do Rio de Janeiro –  Brasil , está em festa.  Consagrado  numa significativa cerimônia  presidida pelo bispo Dom Lázaro Neves , CM, na presença de Notre Mére Blanchot , no dia 18 de julho de 1955, está completando 60 anos acolhendo com amor e copiosas graças  a todos que ali vêm colocar-se sob a proteção da Mãe de Deus.

 Motivado pela  canonização de  Irmã Catarina Labouré, que   em 1830, ainda Irmã do Seminário da Companhia das Filhas da Caridade, teve o insigne privilégio das aparições de Nossa Senhora, o novo templo dedicado à Virgem das Graças, constituiu-se também em monumento de reconhecimento das Filhas Caridade  às primeiras irmãs , que há cem anos haviam trazido a querida medalha ao nosso país, e resposta aos anseios de grande número de brasileiros favorecidos com muitos milagres através da Medalha MIlagrosa.

A construção que se estendeu por seis anos, a partir do lançamento da pedra fundamental  lançada em 26 de junho de 1949, na presença do Senhor Cardeal do Rio de Janeiro, na época , Dom Jaime de Barros Câmara, pode ser considerada  como um verdadeiro milagre da Mãe de Deus, pois como prova evidente de que ela queria que fosse realizada a construção, de início, havia apenas um projeto e uma grande vontade de construir, além de uma pequena arrecadação de 50 cruzeiros obtida numa  quermesse, um valor ínfimo, considerando o total a ser investido na obra.

Santuario MM 3Seguiram-se então campanhas, bingos, festas comunitárias, doações espontâneas e generosas que se foram avolumando e hoje temos o Santuário, onde anualmente passam milhares  e milhares de peregrinos e  devotos de Nossa excelsa Mãe.

São muitos os peregrinos que, confiantes na promessa da Virgem ao incumbir Catarina Labourè de mandar cunhar a medalha, de que  as Graças seriam dadas em abundância às pessoas  que  trouxessem  com fé e confiança a Medalha , aqui vêm pedir  proteção, agradecer favores  ou  buscar no silêncio da oração, paz e conforto para o espírito.

Após passar por reformas para melhor acomodar os fieis, como em todos os anos, a festa do dia 27 /11 será precedida por uma Novena solene  com o tema: “A MEDALHA DA IMACULADA  UMA LUZ PARA O MUNDO”, com os subtemas: 1º Dia “ Catarina Labouré: uma vida iluminada pela luz de Deus”!: 2º Dia  “A luz infinita de Deus no coração da Imaculada”! (1ª Aparição); 3º Dia “Maria, caminho de luz que nos leva a Jesus”!(1ª fase da 2ª aparição); 4º Dia “Maria, uma luz que ilumina nossa vida”! (2ª fase da 2ª Aparição). A partir do 5º dia até o 9º iremos refletir sobre a difusão da medalha no mundo através dos continentes. Cada noite será apresentado o subtema: “A luz infinita de Deus  em um continente” , nesta ordem: continente africano, europeu, asiático, da oceania e americano. Os subtemas serão desenvolvidos  durante a missa  et dinamizados pelas diversas pastorais.

 No dia 27 de novembro, teremos a “Grande Festa”, quando serão celebradas oito missas sendo a solene presidida por Dom Orani João Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro. Temos certeza de que Maria, a Medianeira de todas as Graças, do alto, serena e bela, de mãos estendidas,  verá aos pés de seu altar, milhares de seus filhos e filhas  que virão agradecer-lhe  o seu amor, as suas bênçãos e suas graças e acima de tudo, a sua inefável proteção.

Santuario MM 2

Views: 2.334