Despedida de duas Filhas da caridade

[Província de Warsaw Polónia] No dia 25 de Fevereiro, na Casa Provincial das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, em Varsóvia, Polônia, aconteceu a última despedida das duas Filhas da Caridade: Irmã Józefa Słupiańska (107 anos) e Irmã Ewa Zgódka (68 anos) ambas enfermeiras.

 

Não faz muito tempo, no ano passado, no dia 29 de Julho, a Irmã Józefa foi condecorada com a Cruz de Cavaleiro da Ordem de Polonia Restituta (5ª classe) por méritos pendentes em defesa da dignidade, humanidade e direitos humanos, por um serviço generoso para salvar vidas e servir a saúde dos necessitados durante a Revolta de Varsóvia em 1944 e durante a Segunda Guerra Mundial. Ela recebeu esse prêmio do presidente da Polônia, Andrzej Duda.

Agora nos despedimos da nossa querida irmã. O funeral aconteceu com numerosos convidados: membros da Família, Amigos, várias delegações e as Filhas da Caridade da Casa Provincial e das comunidades espalhadas pela Província.

Entre outros que participaram no funeral estavam: uma delegação de funcionários e voluntários do Museu da Revolta de Varsóvia, uma delegação do Departamento de Saúde, representantes do Museu de Enfermagem Polaco, uma delegação da Suprema Câmara de Enfermeiros e Parteiras com o Posto de Banner e uma delegação de Cuidados domiciliares de Góra Kalwaria.

No decorrer de sua longa vida, a irmã Józefa teve a oportunidade de servir a Deus e ao próximo com grande amor e devoção. Especialmente durante a Revolta de Varsóvia em 1944 e durante a Segunda Guerra Mundial durante a invasão alemã da Polônia, quando havia muitos soldados feridos dos insurgentes e civis. Também depois da guerra ela serviu os doentes em hospitais, onde não havia condições dignas para ninguém e tudo estava faltando. Ela sempre dizia que tudo que ela fazia era por amor a Deus. Ela era a fonte de sua felicidade e força de todos os dias.

Além disso, durante toda a sua vida, a irmã Ewa serviu a Deus e às pessoas que estavam doentes com grande devoção e amor. Ela caracterizou-se por grande sensibilidade para a pessoa que sofria. Acreditamos que agora ambas as irmãs desfrutam da eterna recompensa do Senhor.

Views: 561