PROJETO DREAM – Encontro em Roma

No mês de dezembro, em Roma, foi realizada uma sessão de formação para o Projeto DREAM. Ela aconteceu no Escritório Central do Serviço DREAM da Comunidade Santo Egídio, perto da Igreja de Santa Maria, em Trastevere.

hnas.egidioParticiparam representantes dos Centros DREAM das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo e das suas esquipes de saúde. Os participantes vieram de seis países africanos onde o Projeto DREAM está presente: Moçambique, a República Democrática do Congo, Quênia, Nigéria, Camarões e Tanzânia.

Outras pessoas presentes:

  • Irmã Evelyne Franc, Irmã Rosa Maria Miro, Irmã Neghesti Michael e Irmã Pia Humbel, Filhas da Caridade da Casa Mãe, em Paris, e Irmã Felicia Mazzola, FC do Serviço de Projetos Internacionais.
  • Andrea Riccardi, o Presidente da Comunidade de Santo Egídio.
  • Padre Robert Maloney CM, coordenador do Projeto DREAM e os responsáveis pelos serviços do Projeto DREAM da Comunidade Santo Egídio e das comunidades das Filhas da Caridade: Doutores Gianni e Paola Germano e Doutor Massimo Magnano; Irmã Catherine Mulligan e Irmã Jacqueline Nbanga, FC.

Andrea Riccardi acolheu os participantes vindos de diversos países e destacou como a África precisa de alianças em nome dos necessitados a fim de levar paz e esperança a um continente onde os pobres, entre eles os pacientes que sofrem de AIDS, são vítimas da cultura do desperdício e da globalização da indiferença.

A visível colaboração entre as Filhas da Caridade e a Comunidade Santo Egídio mostra que colocar nossos carismas e nossa “expertise” juntos é possível e leva esperança àqueles que são marginalizados. Isso revela uma maneira de, respeitosamente, unir nossas mãos, habilidades, espiritualidade e humanidade.

O programa abordou muitos desafios do futuro relacionados ao tratamento dos pacientes africanos afetados pelo HIV/AIDS. São necessários melhores protocolos para uma prevenção mais efetiva da transmissão desta doença da mãe para a criança e uma maneira mais eficaz de assegurar que os pacientes permaneçam fieis ao seu tratamento contra a HIV e também contra a tuberculose. Percebeu-se que a tuberculose está se tornando cada vez mais comum na África. Infelizmente, ela é, frequentemente, fatal.

Durante o programa, os tópicos incluíram a organização de centros de cuidado e laboratórios, o uso de telemedicina e a prevenção de doença cardiovascular e câncer. Aconteceram também partilhas práticas tais como o uso de sistema de energia solar nos centros localizados em áreas rurais e o uso de programas de computador para identificar as necessidades contínuas dos pacientes.

O grupo teve a oportunidade de visitar alguns serviços da Comunidade Santo Egídio em lugares próximos: cozinha pública, casa para doentes e idosos e exibição de arte dos Amigos.

A palestra de encerramento foi da Irmã Evelyne Franc. Ela agradeceu à Comunidade de Santo Egídio por sua generosa cooperação com nossas Irmãs em diferentes países destacando dois princípios fundamentais: nosso permanente compromisso com os pobres e a necessidade de respeitar aqueles que servimos oferecendo-lhes o melhor.