Discurso do Papa Francisco às Superioras Gerais

Apesar do discurso do Papa Francisco às participantes da Assembleia Geral da UISG ter sido dirigido às Superioras Gerais, suas palavras destacaram elementos importantes da Vida Consagrada, em geral, e podem ser usadas por nós para a meditação e partilha sobre nosso compromisso com nossos votos, nosso serviço e como vivemos a eclesialidade. Clique no link abaixo para ler o texto completo.

 Discurso do Papa Francisco às Religiosas Participantes da Assembleia Plenária da União Internacional das Superioras Gerais

1stfocus.febr.2

Na Última Ceia, Jesus dirige-se aos Apóstolos com estas palavras: «Não fostes vós que me escolhestes, fui Eu que vos escolhi» (Jo 15, 16), que recordam a todos, não só a nós sacerdotes, que a vocação é sempre uma iniciativa de Deus. Foi Cristo quem vos chamou a segui-lo na vida consagrada e isto significa cumprir continuamente um «êxodo» de vós mesmas para centrar a vossa existência em Cristo e no seu Evangelho, na vontade de Deus, despojando-vos dos vossos projetos, para poder dizer com são Paulo: «Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim» (Gl 2, 20). Este «êxodo» de nós mesmos é pôr-nos num caminho de adoração e serviço. Um êxodo que nos leva por um caminho de adoração ao Senhor e de serviço a Ele nos irmãos e nas irmãs. Adorar e servir: duas atitudes que não se podem separar, mas devem caminhar sempre juntas. Adorar o Senhor e servir os outros, nada conservando para si mesmo: este é o «despojamento» de quem exerce a autoridade. Vivei e evocai sempre a centralidade de Cristo, a identidade evangélica da vida consagrada. Ajudai as vossas comunidades a viver o «êxodo» de si num caminho de adoração e serviço, antes de tudo através dos três fundamentos da vossa existência.

Leia mais: DISCURSO DO PAPA FRANCISCO