A Província das Filipinas das Filhas da Caridade faz a experiência da Colaboração Vicentina

01.2016 Phillipines [1]01.2016 Phillipines [2]01.2016 Phillipines [3]

Em resposta ao convite do Pe. Gregory Gay, CM para uma maior colaboração entre os diferentes ramos da Família Vicentina neste Ano da Colaboração Vicentina, que tem como tema: “Juntos em Cristo, nós Vicentinos, podemos fazer a diferença”, nós nos engajamos em várias atividades em níveis local, regional e nacional com os diferentes ramos das Filipinas.

A própria palavra COLABORAÇÃO, de certo modo, nos impele a realmente procurar um ao outro para Celebrar, Conectar e Aprender e Servir.

CELEBRAR

Na véspera de Pentecostes, 13 de maio de 2015, representantes de vários ramos da Família Vicentina se reuniram na Casa Provincial das Filhas da Caridade para abrir, oficialmente, o Ano da Colaboração Vicentina com uma Celebração Eucarística e uma confraternização. Foi integrado à liturgia um simples rito de abertura. Um esforço especial foi empregado para contatar as lideranças dos ramos a fim de enviarem seus representantes. Mais de 350 pessoas compareceram.

Aberturas semelhantes aconteceram em diferentes regiões e foram coordenadas pela Congregação da Missão e apoiadas pelas Filhas da Caridade. O logo oficial do Ano da Colaboração Vicentina foi colocado em lugares estratégicos.

Em 27 de setembro, aconteceu uma reunião dos representantes dos ramos no Santuário São Vicente coordenada pela Congregação da Missão. A acolhida de novos membros das diferentes associações leigas foi realizada em nível local.

CONECTAR E APRENDER

Realização de reuniões mensais do Conselho de Coordenação da Família Vicentina, cujo presidente é Pe. Venerando Agner, CM que procura verificar se a colaboração está acontecendo. Cada ramo se reveza na organização do encontro mensal. Um tema sempre presente nestas reuniões é o relatório sobre as ações colaborativas realizadas.

O evento Aprender Juntos aconteceu durante o primeiro Congresso da Família Vicentina realizado na Universidade Adamson, no dia 29 de agosto de 2015, e coordenado pela Congregação da Missão, as Filhas da Caridade, a Sociedade de São Vicente de Paulo e os Filhos de Maria. Os dois principais conferencistas foram Pe. Joel Bernardo, CM, que falou sobre a Colaboração Vicentina, e Ir. Mercilyn Galicia, FC, que refletiu sobre Construir Pontes. Um fórum aberto e oficinas aprofundaram o tema.

SERVIR

Um projeto de colaboração contínua na região atingida pelo tufão Haiyan, a cidade de Tanauan, na Província de Leyte, envolveu a formação e a organização da comunidade e providenciou mais fontes de água, através da instalação de bombas d’água em diferentes áreas. Foi formado um grupo de coordenação para ser o principal responsável pela implementação do projeto orientado pelos princípios da Mudança de Estrutura.

O Projeto de Abrigo da Família Vicentina na cidade de Yolanda e Bogo, na Província de Cebu, ofereceu casas permanentes para os sobreviventes do tufão Haiyan do nordeste de Cebu.

Outro projeto conjunto é o projeto de habitação e desenvolvimento de programas numa área de reassentamento urbano, Bagong, Silangan, na cidade de Quezon. Além da Família Vicentina, há outros colaboradores no projeto de habitação, entre os quais a Fundação Hilti que forneceu duas unidades habitacionais usando bambu como material de construção. Eles comprometeram-se com a construção de 50 casas adicionais para colonos urbanos, especialmente sobreviventes de desastres.

Filhas da Caridade, Província da Índia do Sul

Atividades de Colaboração com a Família Vicentina 2015-2016

01.2016 South India [3]Ano da Colaboração da Família Vicentina anunciado pelo Superior Geral, Pe. Gregory Gay, avançou em várias etapas num curto espaço de tempo. Tivemos nosso encontro do Conselho Nacional da Família Vicentina em Mysore (Índia do Sul), no mês de fevereiro, presidido pelo Pe. Gregory. Compareceram 110 membros dos vários ramos da Família Vicentina. A ideia de colaboração e partilha de experiências ajudou a Família Vicentina a aproximar-se dos pobres e do nosso Carisma.

01.2016 South India [2]Nós começamos a organizar a Família Vicentina na Índia do Sul em 2004. Desde o plano original até hoje, ela tem crescido e se desenvolvido. No começo, apenas poucas pessoas e alguns ramos participavam. Ao longo do tempo, nós aumentamos em número, nos reunimos e nos conhecemos melhor. No momento, há 13 ramos trabalhando juntos como família. Todo ano, nós nos reunimos em nível estadual e nacional para celebrar nosso Carisma vicentino e os santos vicentinos, partilhar as experiências de vida como família e as atividades vicentinas e crescer na comunhão e colaboração vicentinas. Contudo, o trabalho em colaboração ainda não atingiu o ideal. Nós estamos nos empenhando e está melhorando, assim, temos esperança que poderemos realizar muitas coisas.

Antes01.2016 South India [3] da formação da Família Vicentina, nós começamos a trabalhar com outros ramos vicentinos. Primeiro, cuidando das pessoas portadoras de HIV em colaboração com a Congregação dos Padres Vicentinos no Centro Divino Retiro, em Muringoor, Kerala. Muitos homens, mulheres e crianças são bem cuidados graças ao serviço das Irmãs. O segundo ramo com o qual começamos a colaborar, em 2004, foi com a Sociedade de São Vicente de Paulo num albergue para pessoas afetadas pela AIDS em Mumbai. Este albergue tem 100 leitos e é o melhor nesta cidade.

Além disso, nós realizamos um seminário de 5 dias sobre a espiritualidade vicentina em nosso Seminário com a participação de diferentes ramos. Aconteceu também um seminário sobre o trabalh01.2016 South India [5]o em colaboração no dia 20 de setembro, na Casa Provincial das Filhas da Caridade, em Bangalore, com a presença de 40 membros de vários ramos vicentinos.

Este ano, nós celebramos o Dia Mundial de Luta contra a AIDS junto com a Sociedade de São Vicente de Paulo, no dia 5 de dezembro, em Trombay, Maharashtra, onde foram realizados momentos de conscientização e exames gratuitos.

01.2016 South India [4]Como parte das iniciativas referentes à colaboração, participamos da abertura de novas conferências da Sociedade de São Vicente de Paulo em 4 paróquias e elas estão caminhando muito bem. A Família Vicentina também adotou muitas aldeias que são visitadas e recebem todo tipo de ajuda, especialmente nossa colaboração na educação das crianças, comida e abrigo.