Pe. Fernando Quintano (antigo Director Geral) um Dom de Deus para a Igreja

[Espanha] 25 de Setembro de 2019. Recordação do Pe. Fernando Quintano, C. M. em sua missa fúnebre na Igreja Paroquial de Basílica de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa – Madrid.

Irmãos, hoje estamos reunidos, neste templo, para celebrar a ressurreição de Cristo, para agradecer a existência de Pe. Fernando Quintano, padre da Congregação da Missão, também orar por ele, embora tenhamos certeza de que ele já está desfrutando da glória do Senhor.

 Fernando Quintano foi um presente de Deus para a Igreja, para a Congregação da Missão, para a Companhia das Filhas da Caridade, para os pobres. Portanto, é bom ornamentar esta Eucaristia com alguns trechos de sua jornada.

Fernando Quintano nasceu há 83 anos em uma cidade de Burgos chamada Arraya de Oca. Ele ingressou na Congregação da Missão em Setembro de 1952. Foi ordenado sacerdote em Junho de 1961, um ano antes do início do Concílio Vaticano II.

Na vida humana, sacerdotal, vicentina e apostólica de Pe. Fernando Quintano, como na vida de cada um de nós, existem várias etapas que moldam e configuram sua identidade e missão. Destacaremos os três estágios mais significativos que nos dão uma idéia mais precisa de seu ser e trabalho.

A primeira etapa começou, como missionário, na Argentina. Lá, no famoso Santuário de Nossa Senhora de Lujan, a “Pérola de Prata”, um jovem Fernando Quintano soprou novos ares na pastoral tradicional e estava unificando evangelização com a promoção social.

A segunda etapa ocorreu em seu retorno à Espanha após dez anos. Aqui, foi totalmente introduzido na pastoral da paróquia. Na prática, ele foi o primeiro pároco da paróquia Regina Mundi, em Granada, em 1976. Montou os andaimes elementares para que a paróquia começasse a funcionar de acordo com a letra e o espírito do Concílio Vaticano II.

Seu terceiro estágio foi o mais longo e o mais proveitoso. Foi o estágio de “acompanhante, orientador, animador, diretor”. Primeiro, como Diretor Provincial das Filhas da Caridade da Província de Madrid-Santa Luísa, nomeado em 30 de Maio de 1980. Depois, como Diretor Geral da Companhia das Filhas da Caridade, em 18 de Janeiro de 1994, o primeiro Diretor Geral Espanhol. As conferências, escritos, projetos, intervenções … durante esta etapa mereceriam uma compilação e uma publicação por sua profundidade e atualidade. Nesta fase está o maduro, atencioso, sábio e perspicaz Fernando Quintano, examinando os sinais dos tempos.

Esta etapa de “governo” foi concluída, na Congregação da Missão, com vários serviços: Conselheiro Provincial em 1991 e 2012 da antiga Província de Madrid e Superior em várias Comunidades: Granada, Burgos, Garcia de Paredes, 45 … Governo sempre baseado na animação comunitária e na comunhão fraterna.

E, acima de tudo, o padre Fernando Quintano era um crente com profundas convicções, um padre rendido sem reservas à evangelização, um Vicentino cheio de amor à sua congregação e com uma clara opção pelos pobres e marginalizados.

Agradecemos ao Senhor por sua vida e por sua obra, e, no meio da dor por sua triste perda, cantamos uma aleluia de alegria e esperança, porque acreditamos, como ele tantas vezes pregava, ensinava e testificava, na vitória do Cristo ressuscitado.

Celestino Fernandez, C. M.

Views: 177