Chamado á Santidade

MADRE ANTOINETTE DELEAU

Na época da Revolução na França, Madre Antonieta Deleau era a Superiora Geral das Filhas da Caridade. O governo decretou a supressão de todas as congregações religiosas, incluindo as Filhas da Caridade. Irmã Deleau encorajou as Irmãs a continuarem prestando serviço àqueles que são pobres, apesar de não poderem se unir em comunidade.

Neste momento em que muitos ainda sofrem devido à perseguição religiosa, rezemos esta Oração da Manhã recordando esta mulher corajosa e o que ela fez pelas Irmãs durante o tempo da repressão.

Oração da manhã com Madre Antoinette Deleau:
Respondendo ao Tempo com Amor Radical

Animador:  Senhor abri os meus lábios

Todos:  E a minha boca proclamará o vosso louvor:

Juntos:  Gloria ao pai e ao filho e ao Espirito Santo, Como era no princípio agora e sempre Amem.

Escolher um hino apropriado.

Antifona: ” Para poder dar continuidade ao serviço aos pobres, presta-te a tudo o que honestamente te será pedido nas circunstâncias presentes, desde que não haja nada contrário à religião, à Igreja ou à tua consciência. ”MAD 6 de Abril de 1792)

Salmo 113      Alternar

 Louvai, ó servos do Senhor, louvai o nome do Senhor. Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre.
 Desde o nascer ao pôr-do-sol, seja louvado o nome do Senhor. O Senhor é excelso sobre todos os povos, sua glória ultrapassa a altura do céu.

Quem se compara ao Senhor, nosso Deus, que tem seu trono nas alturas, e do alto olha o céu e a terra?

Ele levanta do pó o indigente e tira o pobre da imundície, para, entre os príncipes, fazê-lo sentar, junto dos grandes de seu povo.

 E a mulher, que, antes, era estéril, ele a faz, em sua casa, mãe feliz de muitos filhos.”

Gloria ao Pai e ao filho e ao Espirito Santo.

Como era no princípio agora e sempre Amen. 

Antifona: “Esteja em guarda, especialmente para não desanimar ou desencorajar, redobre sua fé, confiança e orações, que é agora o que é exigido de nós.” (MAD April 6, 1792)

Salmo 133 Uníssomo

“Cântico das ascenções. Como é bom, como é agradável para irmãos unidos viverem juntos.” 
 É como um óleo suave derramado sobre a fronte, e que desce para a barba, a barba de Aarão, para correr em seguida até a orla de seu manto.
 Como o orvalho do Hermon, que desce pela colina de Sião;

 “pois ali derrama o Senhor a vida e uma bênção eterna.” 

Gloria ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

Como era no princípio agora e sempre Amen. 

Leitura: O Decreto do Cidadão Chaptal, Ministro do Interior, em 22 de dezembro de 1800

O Ministro do Interior, considerando as leis de 14 de outubro de 1790 e 18 de agosto de 1792, enquanto suprimia as corporações, reservou aos membros dos Estabelecimentos de Caridade o direito de continuar seus atos de caridade, e que é apenas em desrespeito a estes atos, leis que essas instituições foram totalmente dissolvidas. Considerando que a assistência necessária aos doentes pode ser administrada assiduamente apenas por aqueles que foram prometidos pelo seu estado ao serviço do hospital e dirigidos pelo entusiasmo da Caridade; Considerando que entre todos os hospitais da República, aqueles que são administrados com o maior cuidado, inteligência e economia, são aqueles que retornaram ao seio dos ex-alunos desta sublime instituição, cujo único objetivo era formar então o prática dos atos de uma caridade sem limites; Considerando que apenas algumas pessoas idosas permanecem nesta preciosa associação que nos leva a temer uma rápida dissolução de uma instituição que é uma honra para a humanidade: exemplo e ensinado pelas lições da prática diária, é desejado; 1. A cidadã Deleau, Superiora das Filhas da Caridade, está autorizada a formar alunos para o serviço dos hospitais; 2. O Hospital dos Órfãos, na rue du Vieux-Colombier, está à sua disposição para esse fim; 3. Ela reunirá pessoas que ela considera úteis para o sucesso de sua instituição e escolherá alunos que julgar adequados para cumprir seu objetivo; 4. O governo paga alojamento e pensão, no valor de 300 francos, para cada um dos alunos cujos pais são reconhecidos como em absoluta pobreza; 5. Todos os alunos devem estar sujeitos aos regulamentos da disciplina interior da casa; 6. Os fundos necessários para suprir as necessidades da instituição serão retirados das despesas gerais dos hospitais. Eles não devem exceder a soma anual de 12.000 francos. ”

RespostaUníssomo

“Vamo-nos esforçar para estar com Deus e Deus estará conosco e então tudo irá bem para o tempo e a eternidade.’ (MAD April 1792)

 Cântico de Zacarias (Lucas 1: 68-79)

Antífona“Tendes sido para a religião na França o que a pomba era para Noé … pelo seu retorno às nossas casas, tendes, por assim dizer, exibido o ramo de oliveira que permite que as pessoas percebam que as águas da revolução retrocederam”. (MAD 1 de Janeiro de 1802)

Recitar em Uníssomo

“Bendito o Senhor Deus de Israel

Que visitou e redimiu o seu povo

 E nos deu um Salvador poderoso na casa de David seu servo.

Conforme prometeu pela boca dos seus santos, os profetas dos tempos antigos

 Para nos libertar dos nossos inimigos

 Para mostrar a sua misericórdia a favor dos nossos pais, recordando a sua sagrada aliança

 E o juramento que fizera a Abraão nosso pai

 Que nos havia de conceder esta graça, de o servirmos um dia sem temor, livres das mãos dos nossos inimigos

 Em santidade e justiça na sua presença todos os dias da nossa vida

E tu menino serás chamado profeta do altíssimo

Porque irás a sua frente a preparar os seus caminhos

 Para dar a conhecer a salvação, pela remissão dos seus pecados

Graças ao coração misericordioso do nosso Deus

Que das Alturas nos visita como sol nascente

 Para iluminar os que jazem nas trevas e nas sombras da morte

 E dirigir os nossos passos pelo caminho da paz

Glória ao Pai e ao Filho, e ao Espirito Santo

Como era no princípio, agora e sempre Amén. 

Preces: resposta- Deus gracioso ouça nossa oração

Para todas as Filhas da Caridade em todo o mundo, que cada uma de nós continue a responder com amor radical, rezemos.

Para as pessoas que são perseguidas por sua fé, que possam receber o dom de perseverança e alívio do tormento que experimentam, oremos.

Para cada um de nós, esforcemo-nos para ter a coragem e a fidelidade das Filhas da Caridade que nos precederam, oremos.

 Para aqueles a quem servimos, que experimentem o amor de Deus através de nossas ações e palavras, oramos.

A oração do Senhor: Cântico

Oração Final: (Da carta de Madre Deleau 28 de Maio de 1792)

Que Deus nos ajude a….

“Redobre suas orações e sua confiança na Providência, que irá protegê-lo. Grandes tempestades não podem durar muito tempo. A tempestade furiosa pode diminuir. É uma experiência bem conhecida. Cuide da sua saúde, mantenha sua coragem. Continue a cumprir suas obrigações com os Pobres que estão sob seus cuidados … continuaremos a existir … O que quer que aconteça, nada poderá separá-lo da fidelidade constante que deveis a Jesus Cristo e à Sua Igreja”. Amen.

___________________________________________________________

Chamado á Santidade – Arquivo