Porque tive fome e me destes de comer

[Província da Milagrosa Bogotá]  Sob esta passagem bíblica quero partilhar convosco a missão que as Filhas da Caridade da Província da Milagrosa Bogotá – Venezuela estão a fazer neste tempo de quarentena e de pandemia mundial.

Mais de 250 pessoas de rua chegam todos os dias ao Centro Ambulatório Medalha Milagrosa, sob a orientação da Irmã Nohemí Sánchez F.C., precisamente ao meio-dia para receber o almoço, talvez a única refeição do dia. São seres humanos com fome, sem recursos, sem teto, abrigados sob o manto da misericórdia de Deus, dos benfeitores e das Filhas da Caridade.

Há muitos benfeitores que se juntaram a esta luta para conseguir comida para estes nossos irmãos e irmãs na rua. Todos os dias Deus convida as pessoas a ajudar a aliviar a fome destes homens e mulheres que vivem na rua. Já a Família Vicentina liderada pelo Padre Toma’ Mavrič, C.M. deu o primeiro passo convidando os Conselhos Nacionais a organizar a caridade em favor dos mais insignificantes para a sociedade de hoje, sobeste lema “Na Família Vicentina continuaremos a globalizar a caridade e não a indiferença”.

Há muitas mãos que ajudam neste trabalho diário, a Irmã Cecilia Triana, F.C. a nossa Visitadora Provincial, juntamente com o Padre Diretor Álvaro Mauricio Fernandez C.M., um grupo de Filhas da Caridade e as jovens postulantes, ajudam a atenuar a fome da população de rua.

Mas os nossos irmãos de rua também têm uma missão, serem os propagadores da Medalha Milagrosa, por essa razão, foram encarregados de ajudar a distribuir a Medalha nas ruas de Bogotá, esta missão tem dois objetivos importantes, pedir a proteção da Virgem Milagrosa para a Colômbia e o mundo inteiro e procurar estratégias para que mais pessoas conheçam a Nossa Mãe, a Virgem da Medalha Milagrosa; aqui todos trabalham, as nossas irmãs mais velhas estão encarregadas de organizar as medalhas que os habitantes de rua levarão para todos os cantos da capital.

Graças a Deus por este trabalho que as Filhas da Caridade fazem em favor dos mais pobres.

Irmã Sandra Emilce Vivas Ramírez, H.C.

Views: 466