Em expectativa, o mundo assiste como os governantes abordam a mudança climática na COP21

[ONG-ONU] Irmã Catherine Prendergast e Irmã Margaret O’Dwyer , representantes da Companhia das Filhas da Caridade nas Nações Unidas, partilham a notícia abaixo vinda da ONU:

Nós, como Filhas da Caridade, escutamos o clamor dos pobres. O Papa Francisco, em sua Encíclica, Laudato Si, reconhece que a Terra está entre os pobres mais abandonados e maltratados. “Ela geme em dores de parto”, ele disse.

Pessoas de todas as nações conhecem o “gemido” de nossa Terra oprimida: eventos climáticos intensos como seca e inundações, derretimento de icebergs, um oceano cada vez mais ácido, aumento do nível do mar, excesso de dióxido de carbono e outros poluentes do ar, e etc. Assim, é urgente que as lideranças internacionais abordem firmemente a mudança climática durante a COP21 Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, em Paris-Le Bourget. A conferência acontecerá de 30 de novembro a 11 de dezembro.

A COP21 significa 21ª Conferência das Partes (COP-21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) (Em março de 2014, havia 196 membros). Cidadãos do mundo todo aguardam pelo resultado deste encontro, esperando que as nações concordarão em limitar o aquecimento global a 2 graus Celsius (média global desde a Revolução Industrial). Eles querem um acordo legalmente vinculativo para que os países possam ser responsabilizados. Os líderes mundiais na COP21 também falarão sobre como os países desenvolvidos podem ajudar financeiramente os países menos desenvolvidos no combate às mudanças climáticas. Será necessário que o mundo inteiro se comprometa a proteger o planeta.

Pessoas de mais de 2.000 cidades ao redor do mundo queriam marchar em Paris no domingo, 29 de novembro, para enviar uma mensagem de que são esperadas medidas sérias dos seus governantes sobre a mudança climática. A passeata foi cancelada devido aos atentados ocorridos em Paris, mas milhares de calçados foram colocados, no domingo de manhã, na praça da República.

No dia 26 de novembro, o Papa Francisco visitou a sede do Programa Ambiental das Nações Unidas, em Nairóbi. No começo de sua visita à África, na quarta-feira, o Papa disse: “Há um ligação clara entre a proteção da natureza e a construção de uma ordem social justa e igualitária”.

Para maiores informações, veja: www.cop21.gouv.fr/en

Views: 1.847