Experiência missionária – Rio de Mouro-Sintra – Portugal

Portugal 14“A Companhia é missionária por natureza : esforça-se por conservar A FLEXIBILIDADE E A MOBILIDADE NECESSÁRIAS PARA RESPONDER AOS APELOS DA Igreja diante de todas as formas de pobreza…” (C.25)

[Província de Portugal] Para levar a cabo esta missão, contamos com colaboração preciosa da Irmã Marlene Teresinha Rosa, (Curitiba-Brazil)- irmã servente da Comunidade, duas irmãs da Província de Moçambique nomeadamente: Ir. Ana Cristina A. Sigaúque e Ir. Marta A. Langa às quais se junta uma Irmã portuguesa Ir. Incarnação Carriço – Portugal. A Comunidade foi assim constituída como Anexo da Cúria Provincial.

As Irmãs foram apresentadas à paróquia no dia quatro de Outubro nas diversas Eucaristias. Fortalecidas pela cruz missionária, recebida durante a Missa do Envio, na Casa Provincial, nós as quatro Filhas da Caridade, colocamo-nos a caminho para uma nova etapa nas nossas vidas, respondendo ao apelo da Companhia, após a Assembleia Geral de Maio-Junho do ano 2015, cujo tema versou  em torno da “ Audácia da Caridade para um novo impulso Missionário”.

Portugal 11Foi em Rio de Mouro que se ouviu o “grito dos pobres”, de uma imensa quantidade de pessoas em conflito existencial, devido à “mordedura  da pobreza”– crianças de todas as idades, jovens e adolescentes, famílias em conflito, idosos desamparados, pessoas carentes de Deus, de comida e de saúde, além da ânsia de dignidade humana e cristã. Numa paróquia aberta a todo o tipo de pobrezas, cuja Padroeira é Nossa Senhora de Belém, a Companhia se integra para colaborar, à maneira de S. Vicente, Santa Luisa e as nossas primeiras Irmãs, estar perto dos destituídos da sorte.

Num serviço simples de escuta, de acolhimento, de anúncio de Jesus Cristo pela palavra e pelas atitudes, estamos ao serviço de todas as pessoas que necessitam.

Morando numa casa de aluguer, tendo por Capela a Igreja da Paróquia e por campo de acção as ruas de Rio de Mouro, além das salas de catequese, os centros de distribuição de alimentos, e as casas dos idosos ou doentes, Deus é testemunha de uma alegria imensa de servir e de viver com os irmãos, verdadeiramente pobres.

Portugal 15

O que fazemos :

  • Visitas a Domicílio
  • Acolhimento  às pessoas da terceira idade.
  • Catequese às crianças, adolescentes, jovens e adultos-
  • Tempo de formação e atendimento para baptismos, Confirmação, Preparação para o Matrimónio e a Pastoral da esperança nos atendimentos nos funerais.
  • Organização dos espaços litúrgicos para a Eucaristia, Adorações ao santíssimo     Sacramento,            
  • Orações comunitárias como terços, celebrações, Vésperas e outros.
  • Catequese para crianças e adolescentes e adultos.
  • Atendimento personalizado a famílias no cartório para a formação ao matrimónio, ajustamento familiar, Baptismos, Primeira Comunhão e outros.

A nossa  vida comunitária é vivida num apartamento alugado pela Paróquia; temos o necessário para viver bem.Com uma celebração Eucarística festiva, o nosso Pe Director, Pe Luciano Ferreira, deixou-nos o Santíssimo Sacramento .Numa capela reversível, o sacrário está a lembrar-nos constantemente  que “ Cristo está no meio de nós “.Pela manhã, a nossa oração é feita com Ele em casa; à tarde, com Ele na Igreja da Paróquia, onde a participação do povo é animadora.

Portugal 11Com Cristo e com os Pobres, a comunidade está completa. Tudo é dom, tudo é graça do Senhor. Que Ele seja sempre bendito! Desde a sua abertura, a nossa casa foi consagrada a Nossa Senhora. A Virgem de Fátima diz-nos constantemente: “ Façam tudo o que Ele vos disser”. Que alegria! Deus seja bendito, diria S. Vicente se pudesse usar a palavra.

Agradecemos à Irmã Berta , Visitadora, ao Conselho e a todas as Irmãs da Província pelo apoio constante e pela certeza das orações que nos acompanham na missão.

Queremos ser um instrumento do amor de Deus aqui em Rio de Mouro, fazer o bem sem olhar a quem, sofrer com os que sofrem e sorrir com os que se alegram. Rezamos todos os dias:

 “ no final da nossa vida, seremos julgadas pelo amor “ (S.J.C.)

A Comunidade de Rio de Mouro

Portugal 12

Views: 3.603