Madre Suzanne Guillemin na Polόnia – memόrias

[Província de Varsóvia] A Superiora Geral da Companhia das Filhas da Caridade, Suzanne Guillemin, visitou Polόnia no dia 4 de Junho de1967. Estava acompanhada pela conselheria Geral da Companhia para as províncias Eslavas e pela secretária Geral para as províncias polacas.

Ao saudar as Irmãs, ela disse que foi o amor que a levou a visitar suas filhas na Polônia e uma sincera preocupação pelo caminho de renovação da Companhia depois do Concílio Vaticano II e também a se inspirar em formas novas de ter sempre presente. espírito de São Vicente e Santa Luisa.

Madre passou os primeiros dias de sua visita de 4 a 9 de junho na Província de Varsóvia. Depois, visitou as Províncias de Cracóvia e Chełmno-Poznań. Depois disso, ela retornou a Varsóvia, de onde pegou o voo para Paris para a Casa Mãe em 21 de junho.

Todas as irmãs ficaram encantadas com a madre, ela era tão simples e próxima. As irmᾶs secretárias coleccionaram as suas palavras, que ela generosamente espalhou como sementes na Província de Varsóvia e que trazem frutos até hoje. Em todas as casas provinciais, há uma coleção de declarações da Madre às irmãs nas casas visitadas. Este ano, 50 anos se passaram desde a morte de Madre Guillemin.

No que ela disse, no que ela queria ver em suas Filhas na Polônia, nós descobrimos uma grande verdade na vida que temos que mudar nada do ensinamento de nossos Santos Fundadores cujos pensamentos estavam bem à frente as de seu tempo e ainda estão à altura e actualizadas. Temos mas mudra-nos.

 No primeiro dia de sua visita, a Madre disse aos reunidos que todas as irmãs, qualquer que seja o trabalho que ela faz, sempre serve os pobres.

 Durante as visitas das irmãs em casas individuais, hospitais, casas paroquiais, em estabelecimentos infantis e adultos – em toda parte – ela queria ver e tocar diretamente as condições em que as irmãs vivem e trabalham. Ela estava interessada em tudo e respondeu as perguntas mais simples sobre a nossa vida ou a vida da Companhia no mundo.

” Ela falou muito sobre a Casa Mãe e as graças que as pessoas recebem em oração na Capela da Medalha Milagrosa. Ela também visitou Częstochowa, o Santuário Mariano Polonês. Ela ficou profundamente comovida com aquele lugar e a fé das pessoas rezando aos pés da Maria.

Às irmãs que trabalham com as crianças durante a visita, a Madre disse: “São Vicente disse uma vez a Santa Luísa que, se tivesse anjos, deveria dá-los para cuidar dos filhos. Espero que cada Irmã que trabalha aqui seja um anjo … É uma grande graça cuidar das crianças, porque você está entre as almas que não perderam a graça do batismo. Em geral, há frescura, pureza e verdade entre as crianças – as crianças são muito próximas de Deus ”.

E para as irmãs que trabalham em um dos hospitais de Varsóvia, ela disse: “A situação em que você está não é fácil, você faz um monte de sacrifícios, mas é uma coisa muito bonita e completamente no espírito das primeiras Filhas de Caridade, queridas irmãs, vocês dão um bom exemplo. “

Que essas poucas lembranças de nossa Mãe Guillemin sejam uma oportunidade para a renovação de nosso espírito original.

Views: 1.011