A minha Experiência nos E.U.A.

[Província Santa Luísa-E.U.A.] No dia 25 de agosto de 2011, saí de  Moçambique rumo aos E.U.A. A viagem levou 12 horas. Achei difícil a viagem até aqui, mas felizmente cheguei sã e viva. Vinha trazendo em minha bagagem a esperança e o desejo de atingir meu objectivo de aprender o inglês.Quando cá aterrei no aeroporto, no dia 26 de agosto, as Irmãs estavam a minha espera. Fui acolhida calorosamente pela minha Comunidade de Bayside, Nova Iorque, onde encontro-me residindo de momento.

Quando a Irmã Ester (Visitadora de Moçambique) falou-me da decisão tomada pelo Conselho Provincial de enviar-me para cá, para aprender Inglês para ajudar nas traduções, fiquei com receio de fazer a aventura para um país desconhecido. Contudo, a experiência que adquiri foi totalmente diferente daquilo que pensava.

A Comunidade estava aberta para acolher-me e ajudar-me em todas as minhas necessidades. Não tenho nenhuma queixa acerca da minha Comunidade. No início, tive alguns tempos maus tentando compreender as minhas Irmãs, com diferentes sotaques, mesmo que todas sejam americanas. Todavia, aprendi e superei todas as dificuldades. Neste momento, sinto que progredi bastante no meu inglês. Penso que tudo nas nossas vidas é graça. Tenho passado bons momentos vivendo aqui, na terra estrangeira. As dificuldades da língua e do choque cultural não me fizeram desanimar. Sinto-me em casa, porque o espírito da nossa Companhia é o mesmo em cada canto do mundo. As diferenças existentes entre nós são um enriquecimento para o meu crescimento quando estou aberta em aceitá-las.

Quando terminar o curso, voltarei a Moçambique onde surpresas não faltarão para mim.  Estou agradecida, primeiro a Irmã Louise por ter me acolhido nesta província e por todas as Irmãs desta província que estão cooperando com suas orações para o meu sucesso.

Muito obrigada pela oportunidade que me foi concedida de partilhar a minha experiência.

Ir. Irene Malate F.C.

Views: 934