Pastoral da Juventude Vicentina – Dois Testemunhos

exercicesofcharity[Província São Vicente – Itália] A Pastoral da Juventude Vicentina da Província São Vicente, na Itália, realizou, como de costume, os “Exercícios da Caridade”, de 27 de dezembro de 2013 a 2 de janeiro de 2014. Vinte jovens participaram deste encontro dirigido pelas Filhas da Caridade e pelos Lazaristas. Os Exercícios da Caridade são um “tempo forte” que acontece durante o tempo do Natal. Esta experiência reúne serviço, oração, vida fraterna e formação na caridade. Eles são chamados “Exercícios” porque evocam os exercícios espirituais, que significa “se exercitar” a fim de crescer no relacionamento com Deus e, de acordo com o espírito vicentino, estar aberto ao seu próximo e partilhar algum tempo de suas vidas com os pobres.

Aqui estão os testemunhos de Anna e Lara, duas jovens que participaram dos Exercícios da Caridade:

“Os Exercícios da Caridade foram uma experiência nova para mim; participar deste tipo de experiência foi uma bênção e um dom inesperado. Foi a primeira vez que participei de uma experiência como esta, então, não tinha referências para uma comparação ou expectativas específicas; eu vivi aqueles dias aproveitando de todos os pequenos gestos e gentilezas que recebi. Cada momento de oração juntos foi precioso e único… a troca de dons, o encontro com a Comunidade de Bose, “nosso” Te Deum e a atmosfera familiar da vida fraterna encheram meu coração de alegria, mas, principalmente, de gratidão por cada pessoa presente nestes momentos. A leitura e a partilha da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium foi minha primeira aproximação dos documentos da Igreja. Eu nunca tive a chance de ler os escritos do Papa Francisco, e fazer isto me ajudou a perceber mais claramente e mais de perto o convite do Papa dirigido a cada um em particular. Fiquei encantada e surpresa com a oportunidade de servir, pela primeira vez, na Caritas. Entretanto, ter a oportunidade de celebrar o Ano Novo com e entre os pobres, sem dúvida, enriqueceu minha já extraordinária experiência e acrescentou-lhe um valor indescritível. O encontro com novas pessoas foi outra forte razão para a alegria e a gratidão. Concluo agradecendo, especialmente, a Ir. Raffaella e a todos que me fizeram sentir acolhida no “lugar certo e no momento certo”; este é um sentimento que eu não tinha muito frequentemente e, por isto, quero agradecer ao Senhor do fundo do meu coração. Eu estou dando meus primeiros passos no caminho da caridade na Pastoral da Juventude Vicentina. Meus passos ainda são fracos, mas eu espero continuar esta caminhada na espiritualidade vicentina e na Sua companhia. Obrigada por tudo” Anna G.

“Sim, todos estavam à noite, na Caritas, esperando o começo do Ano Novo. Nesta noite nada faltou. Havia um cozinheiro, um cantor de ‘piano bar’, um pai de família que tinha deixado seu país e outros que, em breve, retornariam aos seus países. Todas estas pessoas estavam sentadas ao redor de uma grande mesa na véspera do Ano Novo. E eles não eram pessoas irrelevantes. Todos eles tinham um nome e sua própria história; talvez não fosse uma boa história ou uma que não gostaríamos que nos fosse contada. De qualquer maneira, eles tinham suas próprias histórias e nós estávamos ali com eles. Nós deixamos nossos refúgios e nossos egos para nos reunirmos e vivermos juntos um novo começo e começar um grande ano com mais esperança. Nós deixamos nossos refúgios, alguns eram de outro continente e de outras regiões italianas e da Toscana e formamos uma família ao redor daquela mesa. Todos nós estávamos envolvidos no dia 31 de dezembro com comida, jogos e, mesmo fora do tom, nós cantamos e dançamos, mesmo sem ter nenhuma noção de ritmo. Nós éramos a Igreja (ou, ao menos, tentamos ser). Sim, naquela noite, ao redor da mesa, havia várias religiões, mas Deus ama a todos, imparcialmente. Jesus participou de refeições com pecadores, ele conversou com prostitutas e tocou leprosos. Nós tentamos sorrir; tínhamos em nosso coração o desejo de mostrar uma Igreja de pessoas alegres que não temem sujar suas mãos, uma Igreja que não está limitada à sua paróquia ou aos seus amigos e conhecidos. Talvez nossos sonhos sejam muito altos, mas vocês sabem…. “você verá um milagre se acreditar”. E naquela noite, naquela sala, nós vimos muitos milagres”. Lara T.

Através das atividades da Juventude Vicentina, as Filhas da Caridade da Província São Vicente – Itália, e os Lazaristas desejam transmitir a beleza do carisma vicentino aos jovens e acompanha-los em sua busca da felicidade em Cristo, o Senhor da Vida.

Ir. Raffaella, FC

Views: 1.684