“Il Sistema”: em “Joyeux-Béarn” o espírito do Padre Vicente continua vivo

joyeux béarn[Província França-Sul] A escola “Joyeux-Béarn”, em Pau, tem uma longa história. Foi fundada em 1863 como um orfanato. Em 24 de agosto de 1939, o orfanato foi reconhecido como de utilidade pública. Em 1960, ele se tornou conhecido como “Joyeux-Béarn”. Em 1966, foi aberta a escola, oferecendo cursos até o 7º ano. Hoje, o complexo tem uma creche e ensino fundamental para 200 crianças. A escola faz parte de uma rede 120 escolas da rede VAREF (Vincentiens Aujourd’hui Réseau Enseignement France – Vicentinos Hoje: Rede de Ensino França).

A escola é dirigida por um diretor dinâmico e um grupo de professores que, rapidamente, perceberam a dificuldade apresentada pela violência em seu bairro. Em 2009, surgiu a ideia de tentar uma experiência de oficias de filosofia para crianças, criada pelo fundador do Instituto de Práticas Filosóficas, Senhor Brenebier (http://www.pratiques-philosophiques.fr). Uma aventura que propôs colocar em palavras o que nos cerca para ajudar a diminuir o medo e a angústia que a novidade provoca. A violência, assim canalizada, é atenuada, pois cada um é ouvido e compreendido, o que dá a todos a alegria de viver juntos.

M. KarouiContinuando sua busca inovadora, a escola entrou em contato com o Senhor Karoui (www.francemusique.fr/personne/faycal-karoui; www.solea-management.com/Faycal-Karoui) para favorecer a aproximação dos jovens à música. Desde 2002, ele é o diretor da Orquestra de Pau-Béarn (http://www.pau.fr/426-orchestre-de-pau-pays-de-bearn.htm) e é pioneiro em termos de iniciativas inovadoras. Ele facilitou a realização de concertos nos bairros e a criação da atividade “concertos e brioches” (músicos da orquestra que oferecem concertos nas casas).

Dando continuidade à sua convicção, ele entrou em contato com o “Il Sistema-França”, uma criação de José Antonio Abreu, na Venezuela, em 1975. Este músico tem a convicção de que é preciso colocar os jovens em situação de vulnerabilidade em contato com instrumentos musicais para lhes dar um novo acesso à sua riqueza, sob a condição de se comprometerem estar 10 horas por semana com um professor de música para tocar (www.la-croix.com/Culture/Musique/ElSistema-un-modele-musical-et-social-ne-au-Venezuela-_NG_-2013-03-06-918241). Os resultados são fulgurantes e várias orquestras de jovens nasceram e eles encontraram o gosto do aprendizado. Alguns se tornaram grandes músicos, como Gustavo Dudamel, atualmente, o diretor da orquestra de Los Angeles  (http://www.francemusique.fr/personne/gustavo-dudamel).

Visitando a residência das Filhas da Caridade, no centro do bairro Saragosse, que as Irmãs deixaram há 7 anos, o Senhor Karoui, que já trabalhava com a escola, ficou impressionado com o lugar. Ele considerou o lugar ideal para fundar o “Il Sistema”, em Pau. O processo começou e nove escolas se envolveram no projeto. Elas buscaram um sistema de transporte escolar. Foi encontrado um coordenador para o projeto, que ofereceu 2 horas por semana para começar o trabalho, tendo deixado claro que as tarefas escolares deveriam ser concluídas antes da atividade musical (http://courirensembleenbearn.com/?page_id=33).

el sistemaEm 2 de fevereiro, festa da Apresentação do Senhor, o Senhor Karoui, diretor da orquestra, o Senhor Morando, diretor artístico da orquestra, a Senhora Olivier, diretora da escola Joyeux-Béarn e o Senhor Amulet, diretor de escola, apresentaram o projeto ao conselho que deu sua aprovação a esta maravilhosa iniciativa.

Juntos, neste lugar onde se viveu a ternura do amor nos passos de São Vicente, continuamos a oferecer uma atividade para que, na nossa sociedade, renasça a alegria de viver juntos, favorecendo que cada um leve sua nota à vida de todos.

Boa sorte, “Il Sistema-Pau”!

Views: 1.655