A Missão de Irmã Carol Schumer no Centro de Apoio aos Pais que ajuda Homens a se tornarem melhores Pais

LISA JOHNSTON | lisajohnston@archstl.org Sister Carol Schumer, DC teaches skills to fathers who have had damaged relationships with their children at the Fathers Support Center.[Província de Santa Luísa – EUA]  Durante 15 anos, Irmã Carol Schumer, Filha da Caridade da Província de Santa Luísa, nos EUA, tem trabalhado como uma Especialista em Educação de Crianças no Centro de Apoio aos Pais em Saint Louis, no estado de Missouri. Localizado numa área pobre na parte norte da cidade, o principal programa do Centro é conhecido como A Formação da Família, treinamento que dura seis semanas. Irmã Carol não se parece muito com seus alunos aos 65 anos de idade, 1,57 de altura e vestida de azul escuro. Ela admite “Sou branca, sou mulher e não tenho filhos”. Irmã Carol trabalha duro para quebrar a barreira social logo no começo das aulas. A maioria dos homens da turma é afro-americana. Ela lhes pergunta como se sentem com uma Irmã católica e branca lhes ensinando. A maior parte dos estudantes homens, mais de 1.200 durante os 15 anos no Centro, não se incomoda com seu sexo ou raça. Alguns perguntam, entretanto, como ela pode lhes ensinar sobre a educação dos filhos se ela não é mãe. Irmã Carol garante que, tendo 9 irmãos, sua infância e os anos de ensino e trabalho na administração escolar a ajudaram a compreender as tarefas que os pais têm na vida de seus filhos. 

O objetivo da aula é dar aos pais a oportunidade de desenvolver suas habilidades pessoais para a educação dos filhos. O programa se esforça para ajudar os pais a crescerem espiritual e emocionalmente.

Durante o decurso do programa, os pais aprendem como disciplinar, efetivamente, seus filhos e também a administrar sua própria raiva e suas emoções. Os pais também descobrem seu temperamento pessoal e as etapas do pensamento das crianças. “Se você perguntar a um menino de dois anos se ele derramou leite, ele talvez responda ‘não’”, explica Irmã Carol, “mesmo que ele tenha feito. Crianças de dois anos são muito pequenas para entender sobre a mentira. Mas uma criança de 10 anos, por outro lado, sabe a diferença”.

LISA JOHNSTON | lisajohnston@archstl.org Sister Carol Schumer, DC teaches skills to fathers who have had damaged relationships with their children at the Fathers Support Center.  She sat in front of the class as each father told his personal family histor

Em sua sala de aula, as mesas são organizadas em forma de U para que todos possam se ver. Os homens estão ali porque querem se envolver mais na vida de seus filhos. Alguns têm a custódia de seus filhos e outros não.  Alguns dos homens lutam contra o álcool; outros contra as drogas. Irmã Carol começou a trabalhar no Centro logo depois de sua abertura, em 1998. Desde a sua fundação, o Centro atendeu a mais de 9.000 pais com programas que incluem ajuda para encontrar emprego, orientação, assistência jurídica e um programa extra. Durante as mais de 85 aulas ministradas pela Irmã Carol, ela sempre partilha três elementos chaves com os participantes: alta autoestima, disciplina e competência social. Sua influência como uma Filha da Caridade não pode ser desconsiderada. “Nós começamos a aula com uma oração”, explica Irmã. “Nós falamos sobre como cada um de nós é único e diferente. Eu, regularmente, levanto a questão da fé e a administração do Centro não tem problema com isso. Eu digo aos alunos que Deus está aqui para nos apoiar”.

Irmã Carol acrescenta “Muitos dos participantes não tiverem uma boa infância. Eles não tiveram a oportunidade de serem crianças”. Ela partilhar muitas histórias. “Se você encontrar duas crianças sujas de tinta perto de uma lata de tinta vazia, não grite com elas. Elas não têm culpa. Crianças são exploradores naturais. Tudo ao seu alcance é um jogo a ser explorado. Não é culpa das crianças. Um adulto deixou aquela lata lá”.

Quando Irmã Carol termina a sessão, ela sempre insiste com os pais que eles têm o poder de mudar a percepção de “não ser bom”.  Ela lhes diz que eles nunca devem deixar que alguém lhes diga que eles não são importantes nas vidas dos seus filhos!

Link para o artigo na Revista Católica Saint Louis: http://stlouisreview.com/article/2013-03-21/daughter-charity

Fotos: Lisa Johnston/Revista St. Louis

Views: 944