Missão Solidária do Colégio Vicentino São José

mission.2[Província do Rio de Janeiro – Brasil] Estabelecido na cidade de Vila Velha, Estado Espírito Santo, Brasil, o Colégio São José é um colégio católico vicentino que busca colaborar com o processo de evangelização da Igreja, preparando os alunos para participarem ativa e conscientemente na construção de uma sociedade mais justa e equitativa, e sensibilizá-los para com os pobres, nos quais São Vicente e Santa Luísa ensinaram a ver Cristo presente e sofredor e a servir como ao próprio Cristo. Esforça-se , portanto para socializar o que a escola crê, testemunhando o que motivou a presença das Filhas da Caridade no sistema educacional brasileiro.

A visita aos pobres, característica do carisma vicentino, para sentir de perto suas carências e angústias propicia às crianças e jovens o conhecimento de outras realidades, toca-lhes de perto o coração, despertando neles o desejo de serem fraternos e a convicção de que ser cristão é testemunhar e anunciar que outro mundo é possível, se houver amor, gratuidade, solidariedade e partilha.

Nesse contexto, inclui-se a visita como “Missão Solidária” feita nos dias 22, 23 e 24 de agosto, por alunos, colaboradores, Irmãs e mães à Casa dos Pobres, na cidade de Friburgo, Estado do Rio de Janeiro, dirigida pelas Filhas da Caridade. 150 pessoas entre portadores de necessidades especiais e idosos, de ambos os sexos, são acolhidas e cuidadas, como desejaram nossos Santos Fundadores. Missão carinhosamente programada e que movimentou todos os alunos do Colégio, que contribuíram com a Campanha Solidária, doando alimentos para serem levados para Nova Friburgo.

mission.3

???????????????????????????????

mission.6

A aproximação com portadores de necessidades especiais acentuadas, realidade desconhecida pela maioria dos jovens e adolescentes, a princípio foi tímida, mas pouco a pouco a pouco se descontraiu.  Música, canto, danças, ao mesmo tempo em que encheram o ambiente de alegria, revelaram dotes especiais, deram espaço a expressões de saudades e de recordação para os idosos e de manifestações espontâneas de queridos especiais.

Em seguida, um texto de Isaías convidou a dizer obrigado/ a Deus por amar a criatura “do jeitinho que é” e duas adolescentes vestidas de anjo, apresentaram uma caixa contendo um presente de Deus para os internos. Circulando aberta, cada um se surpreendia vendo a própria imagem refletida num espelho, o que no final foi explicado por um jovem da JMV: a vida é o grande presente que Deus nos dá e cada pessoa que ali estava era muito especial para Deus. Finalizamos com o Pai Nosso e da Ave Maria.

O resto do tempo passado na Casa dos Pobres foi dedicado a atividades lúdicas, a escutar os idosos com suas histórias ricas de experiências, lutas, alegrias, sofrimentos, tristeza pelo abandono dos parentes, mas sempre demonstrando carinho pelo local onde vivem e pelos cuidados recebidos. E porque a missão exigia também serviço, no horário das refeições, todos estavam a postos para ajudar os que não conseguiam fazê- la sozinhos e para transportá-los para onde se fizesse necessário. No domingo, após a missa, a peça de teatro Cinderela divertiu-os bastante.

mission.7

mission.8

mission.9

Na longa viagem de regresso a Vila Velha, um maravilhoso momento de partilha permitiu externar a emoção experenciada na Missão Solidária. Como bem afirmou uma das mães que acompanhou a missão: “os adolescentes e jovens que estiveram lá nunca mais serão os mesmos, porque aprenderam nesses dias o que dá sentido à vida e não está contido em nenhum livro didático, nem nas salas de aula, nem nas mídias sociais”.

As Irmãs da comunidade do Colégio São José e da Casa dos Pobres, colaboradores, mães, adolescentes e jovens louvam a Deus agradecendo-lhe a rica experiência vivenciada.

Ir. Rizomar B. Figueiredo, FC

Diretora do Colégio São José

Views: 1.278