A Companhia a serviço da Igreja – As Filhas da Caridade no Vaticano

[Casa Mãe – Paris] Desde as suas origens, a Companhia é fiel aos apelos da Igreja. Isso foi verdade nas primeiras fundações na França, no século XVII, e continua a ser, também hoje, nas últimas implantações da Companhia na Tanzânia, em Burkina Faso, na República Centro-Africana sempre realizadas em resposta ao convite dos bispos locais.

São Vicente e Santa Luísa queriam que as Filhas da Caridade fossem Filhas da Igreja e Filhas da Paróquia e que colaborassem, onde fossem enviadas, com a pastoral da Igreja local “para agradar a Deus”.

No final do século XIX, elas foram chamadas à Casa Santa Marta, no Vaticano, pelo Papa Leão XIII para diversos serviços que evoluíram ao longo dos anos (cuidados dos doentes, acolhida de peregrinos, refeitório dos funcionários, dispensário). Desde esta data, as Irmãs estão presentes no Domus Sanctae Marthae.

Durante o Conclave de 2005 e o que aconteceu no mês passado, elas também contribuíram, discretamente, na preparação material da Casa Santa Marta, onde tiveram a graça de rezar com os Cardeais e acolher, na alegria e na fé, o novo Papa e receber sua bênção. Sua presença em Santa Marta reflete a fidelidade da Companhia a Igreja e sua obediência ao Soberano Pontífice.

 

Views: 2.101