“A alegria de ser Filha da Caridade”

[Província de Varsóvia] Na Casa Mãe, de 29 de Abril a 13 de Maio de 2019, foi realizada a Sessão Internacional da Renovação Espiritual e Vicentina para as Irmãs, de 11 a 24 anos de vocação. Ela decorreu sob o lema: “A alegria de ser Filha da Caridade”. Participaram num total de 74 irmãs. Elas vieram da África, América Central, do Norte e do Sul, Ásia e Europa. A sessão foi traduzida em 8 idiomas

Durante a sessão, as Irmãs foram acompanhadas pela presença da Superiora Geral, a Irmã Kathleen Appler, cuja palavra era um fecho que ligava o início e o fim da Sessão. Havia também o Diretor Geral – Padre Bernard Schoepfer, que celebrava a Eucaristia e proclamava a Palavra de Deus todos os dias. Havia também as conselheiras gerais e palestrantes convidados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O programa da sessão foi abundante na palavra dirigida às irmãs, principalmente durante as conferências, que eram geralmente precedidas de apresentações multimídia. Os temas que foram apresentados e propostos para a exploração foram os seguintes: a Companhia das Filhas da Caridade hoje, a experiência alegre da fé segundo São Vicente e Santa Luísa, a oração, a lealdade, o sentido de pertença à Companhia, a atitude de uma serva, consciência moral, simplicidade, pastoral juvenil e o estilo de acompanhamento vocacional vicentino.

Foi uma grande graça e alegria para todas as que se reuniram naquela sessão durante este tempo e em um lugar tão especial. No dia 9 de Maio, festa de Santa Luísa, participamos de duas celebrações: a primeira na Igreja de São Nicolau dos Campos, na qual Santa Luísa recebeu a luz do Pentecostes e depois à noite na Capela Milagrosa, junto com a Comunidade da Casa Mãe.

Um momento comovente durante aquela noite foi a experiência da Companhia Missionária hoje – oração em línguas tão diferentes, a presença das Irmãs de tantas nacionalidades e ao mesmo tempo todas nós DOADAS A DEUS servindo os pobres como Filhas da Caridade.

Houve também a oportunidade de visitar a Casa Mãe e os Arquivos, lugares associados à vida e atividade dos Santos Fundadores, através dos quais eles se tornaram ainda mais próximos. Um desses lugares era a Catedral de Chartres. As Irmãs foram lá em dois Ônibus no último dia da sessão, no dia 13 de Maio, no dia do aniversário das aparições de Nossa Senhora de Fátima. Lá, na Cripta, os participantes participaram da Santa Missa, na qual, juntamente com as Conselheiras Gerais, renovaram o ato de consagração da Companhia a Nossa Senhora.

No final da homilia Padre Diretor, citou as belas e esperançosas palavras de São Vicente: “Quando alguém assume Maria como patrona (…) não pode acontecer que algo tenha dado errado”.

 A alegria não era apenas o lema da Sessão, mas a experiência de cada dia vivida na Comunidade que criamos durante essas duas semanas. Na última noite de 13 de Maio, durante a recreação que foi preparada por grupos de línguas e onde as Irmãs da Casa Mãe participaram – esta alegria EXPLODIA e sentimos, como durante a nossa partilha, escutar que o Espírito Santo nos guia, que ELE é o SENHOR deste tempo.

Novamente enviadas pela Superiora Geral, queremos ir com coragem, disponibilidade e alegria sob os cuidados de MARIA IMACULADA, fazendo uso da experiência que a PROVIDÊNCIA nos deu e depositando nossa confiança nela.

Que Deus seja glorificado no dom daqueles que contribuíram para a organização desta sessão.

Ir. Ewa Tyszkiewicz – Província de Varsóvia, Polônia

Views: 1.215