Verbania Pallanza – dois aniversários centenários

[Província São Vicente Itália] A Casa Santa Luisa é uma residência cercada por vegetação no Lago Pallanza, a poucos passos da “Villa Taranto”, onde as Filhas da Caridade compartilham uma vida Comunitária serena. A casa atualmente abriga 61 irmãs. Existem grandes salas dedicadas à convivência e pequenas capelas onde você pode se reunir em oração.

Entre as Irmãs existem dois centenários, que não desistem de compartilhar com aqueles que os conhecem desde sua longa vida de caridade e ajuda aos outros.

Ir. Inés, nascida em 1910, chegou a Pallanza em 2012 e completou 108 anos. Nascido em Mendrisiotto (Suíça), ela chegou a Turim na década de 1930 para ingressar na comunidade vicentina e estudou como enfermeira. De volta a Lugano, ela trabalhou no hospital cívico do sector pediátrico. “Eu estava com crianças”, diz ela. Ela tem dificuldade em falar, mas é claro que toda a história é contada por uma irmã. Então ela cantou um salmo e louvou a Virgem, com uma voz que ainda estava clara e comovente.

Ir Luigia, vem da província de Milão e completou 101 anos. “Eu fui enfermeira por 10 anos, ela diz, e depois me juntei à congregação.” Ela trabalhou em Mondovi e depois em Chieri (região do Piemonte), sempre ajudando pessoas. Mas a memória vai para um período particular da sua vida. “Durante muito tempo trabalhei com os militares.” Eles eram jovens e malcriados, mas era bom estar com eles.

Histórias que se entrelaçam serenamente na pequena comunidade de Santa Luisa, cercada de vegetação. Um ambiente que transmite serenidade e que, com grande probabilidade, constitui o melhor elixir da vida para quem mora lá.

Tirado de: Revista INFORMAZIONE VINCENZIANA

.

Views: 139